Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sara Beauty

Um blog onde falo sobre diversos assuntos como maquilhagem, beleza em geral, inspirações, etc.

Sara Beauty

Últimos Filmes Vistos #3

E cá estou eu a ver mais filmes! Houve filmes que vi pela segunda ou terceira vez, mas esses não vão entrar neste tipo de listas... Mas sem perder mais tempo, eis mais uma lista:

 

Gru - O Maldisposto 3 (2017)

Neste terceiro filme de Gru – O Maldisposto, Balthazar Bratt, um ex-ator infantil que cresceu obcecado com a personagem que interpretou nos anos 80, revela-se como um dos mais formidáveis inimigos de Gru até hoje.

Fiel aos Minions como eu sou, claro que gostei do filme e estou à espera de um filme Minions 2! Acho que é perfeito para crianças e graúdos para quando se quer um filme em que se sabe com certeza que vamos dar uma gargalhada ou outra.

 

The Night Before (2015)

Na tradicional festa de Natal na cidade de Nova Iorque, três amigos de longa data decidem reunir-se na véspera de Natal para celebrar e fazer muitas loucuras!

Duas razões pelas quais agendei este filme para ver: Seth Rogen (quando quero rir sei que posso confiar num dos filmes da saga Hangover) e uma breve aparição da Miley Cyrus. Pensei: bem, já que (na altura que eu vi o filme) o espírito natalício estava no ar, seria algo engraçado para ver. Nem por isso. Dá-se uma gargalhada ou outra, mas a meu ver, as partes melhores do filme estão logo nos minutos iniciais com o narrador a falar sempre a rimar e a parte da festa, que só começa após 1 hora do filme. Daí estar a amarelo.

 

Home: A minha Casa (2015)

O planeta Terra foi invadido por seres extraterrestres, os Boov, que estão em busca de um novo planeta para chamar de lar. Eles convivem com os humanos pacificamente, que não sabem da sua existência. Entretanto, um dia a jovem adolescente Tip (Rihanna) encontra o alien Oh (Jim Parsons), que foi banido pelos Boov devido às várias trapalhadas causadas por ele.

Aproveitei a boleia da SIC para ver este filme na altura das festas. Achei super engraçado e diferente! Tem uma lição moral por trás, o que lhe dá um toque especial. Não há melhor que um bom filme de animação para a altura do Natal.

 

[Sem Trailer]

Frozen: Uma Aventura de Olaf (2017)

É a primeira temporada de festas de fim de ano desde a reabertura dos portões e Anna (Kristen Bell) e Elsa (Idina Menzel) organizam uma festa para toda a Arendelle. Porém, quando as pessoas da cidade saem cedo da comemoração para desfrutar seus costumes prórprios, as irmãs percebem que não possuem tradições familiares. No entanto, Olaf quer tentar mudar essa situação e trazer um Natal feliz para as meninas. Ele decide viajar pelo reino para trazer para o castelo as melhores tradições locais.

É preciso eu falar? Quem já me segue há algum tempo sabe que eu amoooooooooooo Frozen e, principalmente, o Olaf! 20 e tal minutos sempre a rir. Melhor filme de 2017!

 

Tartarugas Ninja: Heróis Mutantes (2014)

Afetados por uma substância radioativa, um grupo de tartarugas cresce anormalmente, ganha força e conhecimento. Vivendo nos esgotos de Manhattan, quatro jovens tartarugas, treinadas na arte de kung-fu, Leonardo, Rafael, Michelangelo e Donatello, junto com seu sensei, Mestre Splinter, tem que enfrentar o mal que habita cidade.

Em pequenas, a minha irmã era quem mais via as Tartarugas Ninja e, tendo sido o filme transmitido na TV, aproveitei a boleia e vi-o. Não achei nada de especial, mas também não é horrível. Daí a cor amarela.

 

À Procura da Dory (2016)

A simpática mas esquecida peixe azul começa uma busca pelos seus pais há muito tempo perdidos, enquanto isso, todos aprendem algumas coisas sobre o verdadeiro significado da família ao longo do caminho.

É impossível não gostar da Dory e reviver as aventuras dos peixes-palhaços. Mais um filme à boleia da SIC, só podia ser. É claro que gostei do filme, isso lá se pergunta?

 

Zootrópolis (2016)

Quando Wilde é acusado de um crime que não cometeu e que choca Zootrópolis, ele é seguido pela tenente coelha Judy Hopps, uma novata agente policial que acabou de chegar à cidade. Wilde e Judy não se suportam, mas quando tornam-se alvos de uma conspiração, são forçados a unir forças para derrubar os verdadeiros inimigos...

 

Sem expectativas nenhumas, lá fui eu mais uma vez aproveitar a boleia da TV! Não o vi diretamente na altura, mas gravei e vi uns dias mais tarde e A-D-O-R-E-I! A mensagem por trás do filme de se deve lutar pelos sonhos e acreditar que somos capazes é muito inspiradora para todas as idades! O facto de a Agente Hopp se juntar Nick, uma raposa que, segundo os outros coelhos, é um dos pior perigos para os coelhos mostra que não se deve ligar a preconceitos e a estereótipos. Um filme excelente para ver quando se quer dar uma gargalhada.

 

6 Years (2015)

Um jovem casal, Dan (Ben Rosenfield) e Mel (Taissa Farmiga), se conhecem desde a infância e estão namorando há 6 anos. A princípio, eles parecem ter um amor ideal, mas a notícia de uma oportunidade de emprego para Dan pode abalar o romance e mudar o rumo das coisas dependendo da escolha que ele fizer. Talvez o futuro que eles tinham imaginados juntos não se torne mais uma realidade.

Em primeiro lugar, a sinopse do filme não reflete o enredo da história. Temos um casal de jovens adultos, ambos estagiários, ele numa gravadora e ela numa escola primária cuja relação é abalada por uma oferta de emprego sim, mas isto acontece apenas já no final do filme.

[SPOILERS] Se houvesse algum aspeto que eu tivesse que destacar são as agressões físicas que o Dan sofre duas vezes durante o filme e mais uma vez em que a Mel não chega a agredi-lo, mas algo grave acontece na mesma. E este aspeto dá e muito que pensar. Da primeira vez, Mel encontra-se bêbeda e quer conduzir nesse mesmo estado. Dan não o permite e começa uma luta pelas chaves do carro. Como seria de prever, algo iria correr mal. Mel empurra Dan e este bate com a cabeça na cómoda e acaba a noite nas emergências médicas. A segunda situação, Mel descobre que Amanda (outra personagem do filme que apesar de não ser a protagonista, desempenha um papel importante) beijou Dan e, novamente bêbeda, começa aos murros ao peito do Dan. Para tentar pará-la, Dan consegue imobilizá-la deitando-a no chão, mas, ao passar a polícia a interpretação é que o rapaz está a tentar violá-la. Resultado: Dan vai preso. E finalmente, na terceira... Dan já revelou a oferta de emprego e Mel reagiu mal. O namorado fez algo que não devia e acaba por a trair com Amanda. Mel apanhou-os e passa-se. Atira um copo de vidro a Dan e depois acaba por o empurrar para cima dos estilhaços. O filme terminada com Dan, na cama do hospital, e Mel a discutirem a oferta de emprego. O resto? Boa pergunta! O final do filme é aberto. Será que vai haver uma sequela? Se houve, provavelmente não vou ver.

 

A Forma da Água (2017)

Elisa é uma zeladora muda que trabalha em um laboratório onde um homem anfíbio está sendo mantido em cativeiro. Quando Elisa se apaixona com a criatura, ela elabora um plano para ajudá-lo a escapar com a ajuda de seu vizinho.

O que me chamou a atenção? Não foi o facto de estar nomeada a não sei quantos Óscares, mas sim o título, o trailer e a forma como o realizador descreveu o filme: como uma forma diferente d'A Bela e o Monstro. Já tinha visto pessoas a falarem bem e outras que não gostaram tanto. Mas isto é normal acontecer. Eu, muito sinceramente gostei. Confesso que não será um filme para muitas pessoas devido às cenas explícitas. Mas a forma como uma pessoa muda encontra neste ser aquático alguém com quem se identifica, e chega mesmo a apaixonar, acho que é uma ideia engraçada e ficou bem retratatada. Agora, se aquilo foi bem gravado e esses detalhes técnicos todos? Eu não sei NADA dessas coisas . E secalhar é por isso que gostei do filme, por não perceber! Digo já que não sou de ver filmes que são nomeados para os Óscares. Normalmente são aqueles que eu menos gosto, mas isso é de mim. Mas se há algo que eu gosto é do género Fantasia, e este filme, é exatemente isso.

 

Final Girl (2015)

Um grupo de adolescentes caçam e matam garotas em florestas como um perturbador ritual de iniciação. Um dia, eles escolhem Veronica (Abgail Breslin) para ser sua nova presa. Mas o que eles não sabem é que ela foi treinada para ser uma assassina profissional e que sabe se defender muito bem sozinha.

Tenho mudado o género de filmes que gosto de ver. Dantes preferi ver aqueles romcom que, agora mais parecem todos os mesmos filmes, mudam apenas os atores. Este filme, representa mais o estilo de filmes que eu agora gosto mais de ver: thriller e drama, com um bocadinho de acção. A sinopse conta tudo. E apesar de este filme em particular não ser nada de espetacular, fiquei pegada ao ecrã à espera de ver como é que a Veronica escolhia terminar com a vida de cada um dos rapazes do grupo. Uma hora e 24 minutos que se passam bem.

Beijinhos,

Últimos Filmes Vistos #2

E parece que ando empenhada a ver filmes... Tanto que tive que ir ver o novo Thor: Ragnarok ao cinema! Eu que até não gosto de ir ao cinema, mas com a companhia certa, foi uma tarde espetacular... Claro que fui com uma colega que foi o filme todo admirar como que raio é que o Chris Hemsworth tem aqueles músculos todos. 

 Thor: Ragnarok (2017)

No filme da Marvel Studios,"Thor: Ragnarok", Thor é preso do outro lado do universo,sem o seu martelo poderoso e encontra-se numa corrida contra o tempo para voltar a Asgard e impedir Ragnarok - a destruição do seu mundo e o fim da civilização Asgardiana - que se encontra nas mãos de uma nova e poderosa ameaça, a implacável Hela. Mas, primeiro precisa de sobreviver a uma luta mortal de gladiadores,que o coloca contra um ex-aliado e companheiro Vingador - Hulk."Thor: Ragnarok" chega aos cinemas a 26 de outubro de 2017.

Este é o tipo de filmes que eu nunca me arrependo de ver! Cinco estrelas! Adoro o facto de o filme dar para dar umas boas gargalhadas, e não é só 1 ou 2 vezes... Oh não, os momentos engraçados acontecem ao longo dos 130 minutos de filme (que mais pareceram apenas 30 minutos!). E claro, que venha a sequela!

 

Navy SEALS Vs Zombies (2015)

Depois de perder todo o contato com o vice-presidente durante uma pausa em sua campanha de rotina em Louisiana, o Governo dos EUA envia uma equipe de SEALs da Marinha ao resgate. Caindo em uma zona de guerra, os SEALs descobrem rapidamente que eles não estão lidando com um inimigo normal. A cidade está sob o cerco de hordas de mortos-vivos velozes e vorazes. A infecção está se espalhando e uma guerra urbana foi desencadeada.

 Já aqui referi várias vezes que sou fã de conteúdos relacionados com o sobrenatural. E foi essa razão que me levou a ver o filme. Basicamente, neste filme vemos uma guerra biológica, onde os Seals lutam contra um vírus cuja transmissão ocorre caso uma pessoa seja mordida por alguém infectado. Gostei de ver a intervenção militar, o espírito de equipa mas esperava mais do final.

 

Trainwreck (2015)

Desde pequena que o patife do pai incutiu em Amy que a monogamia não é realista. Agora escritora numa revista, Amy rege-se por esse lema desfrutar de uma vida desinibida, livre de sufocos e compromissos românticos aborrecidos mas na verdade, ela caiu na rotina.

A parte mais gira do filme é quando começa a tocar uma música da Miley Cyrus, que começa quando ela sai lá da casa do outro e termina quando ela chega ao trabalho, logo no princípio do filme. De engraçado, o filme não tem nada... 1 hora e 19 minutos de filme e não me ri uma única vez, num filme que é considerado de comédia... O filme dura 2 horas e 8 minutos e eu desisti ao tempo já mencionado.

 

We Are Your Friends (2015)

NÓS SOMOS TEUS AMIGOS é um filme sobre como encontrar a nossa própria voz. Passado no mundo da música eletrónica e na vida noturna de Hollywood, Cole (Zac Efron) é um aspirante a DJ de 23 anos de idade, que passa os dias a arquitetar planos com os amigos de infância, e as noites a trabalhar na faixa que o vai lançar no mundo. Mas tudo isto muda quando ele conhece James (Wes Bentley), um carismático e mais velho DJ, com um passado turbulento, que começa a orientá-lo.

Não é um filme difícil de ver. Para mim, como tem o elemento da música é fácil de estar sempre atenta. Mas o filme não é por aí além, contudo, tem uma mensagem gira no final.

Um grupo típico de adolescentes que querem fama, mas há um que começa a "abrir os olhos". É a morte deste amigo que endireita os seus amigos que começam uma nova etapa da sua vida, a lutar pelos seus objetivos deixando as drogas pelo caminho.

 

Ant-Man (2015)

Dotado com a incrível capacidade de diminuir em escala mas crescer em força, o vigarista Scott Lang (Paul Rudd) precisa assumir o lado heróico e ajudar seu mentor, Dr. Hank Pym (Michael Douglas), a proteger os segredos por trás do espetacular traje do Homem-Formiga de uma nova geração de ameaças. Contra obstáculos aparentemente intransponíveis, Lang e Pym precisam planejar e realizar um assalto que salvará o planeta.

Para mim, não é um dos melhores da Marvel, mas vê-se bem e tem uma história engraçada por trás. Sou suspeita, pois eu gosto imenso dos filmes da Marvel...

 

Hitman: Agente 47 (2015)

 Agente 47 (Rupert Friend) é um assassino de elite geneticamente modificado criado para ser a máquina de matar perfeita. Ele precisa caçar uma mega operação que pretende usar o segredo de sua criação para a formação de um exército imbátivel. Ao juntar forças com uma misteriosa jovem, que pode ser o diferencial para o sucesso da missão, ele vai descobrir segredos de sua origem em uma batalha épica contra seu maior inimigo.

Confesso que comecei a ver o filme sem qualquer expectativas, sendo que não tinha visto nenhum dos anteriores. As cenas de acção estão no ponto certo, pelo menos para mim. O filme é fácil de seguir a história e, com tantas cenas de acção, manteve-me presa ao ecrã durante 1h30min. Conclusão? Acabei de agendar os dois filmes anteriores sobre este agente.

 

E vocês, o que andaram a ver por aí?

Beijinhos,

Random Sábado: Últimos Filmes Vistos #1

Agora com a Universidade fora do caminho, e com muitas séries ainda por iniciar, não há desculpas para eu não começar a diminuir o número de filmes que tenho agendados. Como tal, já comecei a trabalhar para este objetivo e vi 3 filmes. O título de cada um encontra a uma cor diferente, o verde significa que eu gostei de ver, o amarelo significa que o filme não é mau mas também não é por aí além e o vermelho, não gostei de ver. Sem perder mais tempo, estes foram os filmes que eu já vi:

- Bravetown (2015)

Josh é uma alma perdida com um talento musical extraordinário em uma jornada para encontrar o que ele menos esperava, mas, sem dúvida, mais necessário. Sentindo-se como se fosse ele contra o mundo em primeiro lugar, o seu caminho é atravessado por muitas pessoas à procura de seu próprio destino, que, no final, a sua presença em suas vidas acaba sendo de extraordinária importância.

Ao princípio achei que não seria um filme do qual fosse gostar mas acabei por manter-me interessada ao longo do filme. Um filho de pais separados, um pai que abandonou o filho à nascença e uma mãe que queria ter abortado. A junção dos três não vai ser lá muito boa, acrescentando ainda o factor de que a mãe é toxicodependente. O resultado: Josh aos 17 anos sofre uma overdose e é obrigado a ir viver com o pai e, apesar de não ser o que o adolescente mais deseja, esta mudança irá trazer novas oportunidades.

- The Boy (2015)

Verão de 1989. Ted Henley (Jared Breeze) de 9 anos, e o seu pai, John (David Morse), são donos do Motel Mt. Vista, um resolt em ruínas nas montanhas do oeste dos EUA. Desde que a mãe de Ted partiu, John está desanimado, a fazer com que Ted tenha de se cuidar a si mesmo. A meio da solidão, Ted começa a manifestar impulsos estranhos relacionados com a sociopatia, mas a chegada de um andarilho, William Colby (Rainn Wilson), cativa o jovem e eles formam uma amizade única.

A 30 minutos do fim, estive para desistir mas depois pensei: "isto pode melhorar". Mas não melhorou. Não é que o filme seja mau, apenas não é o meu género. Para quem gostar de analisar os comportamentos humanos, o filme é ideal, pois tal como a sinopse refere, temos um menino de 9 anos com comportamentos sociopatas, que chega a ponto de matar imensas pessoas, não que estas tenham agido melhor, mas pronto...

- O Capitão Cuecas

 George Beard e Harold Hutchins são melhores amigos que passam os seus dias criando histórias em quadradinhos e a sonhar com as partidas que vão pregar. Um dia, acidentalmente hipnotizam o diretor da escola, levando-o a acreditar que ele é o Capitão Cuecas, um super-herói completamente tolo cujo traje consiste em roupa interior e uma capa. Como se isso não fosse mau o suficiente, o novo professor da escola deles é um cientista maluco que caiu em desgraça e está disposto a vingar-se na escola.

Adoro filmes de animação, e este era um que eu queria ver. O filme não é mau, mas acho que muitas piadas se perdem com a tradução do inglês para o português, como os nomes das personagens. Eu vi a versão falada em português e, se pudesse voltar atrás, talvez optasse pela versão original. Neste momento, com tantos filmes por ver, penso que não o iriei fazer, pelo menos tão brevemente...

 

Em breve irei mencionar mais filmes! E por aí, o que é que se anda a ver?

Beijinhos,

Dicas ao Sábado #12: Maratonas de Cinema

As férias de verão são uma boa altura para atualizar nos filmes que queremos ver, ou rever os que mais nos marcaram. Por isso, neste Sábado de agosto, deixo aqui uma lista de maratonas de filmes que eu pelo menos gosto de fazer.

Harry Potter, o clássico.

 Capaz de entreter durante alguns dias os fanáticos por esta saga espetacular e de prender qualquer um ao ecrã. Quem é que nunca fez esta maratona?

 

Underworld.

Descobri esta saga há pouco tempo, tal como relatei aqui. Vi os filmes em poucos dias e é ainda mais espetacular ver a evolução dos efeitos gráficos de filme para filme, ainda mais que no Harry Potter, pois a diferença entre o lançamento de cada filme é de alguns anos. Novamente, uma saga que toca o sobrenatural.

 

Velocidade Furiosa

Para os amantes de carros, de acção e de todos os aspetos únicos desta saga que ficou, infelizmente, marcada por uma grande perda. Mas mesmo isso, não impediu que a equipa continuasse nas suas aventuras a toda a velocidade.

 

Step Up, para os amantes de dança.

As coreografias espetaculares, a elegância dos dançarinos, os mais variados estilos de dança, o enredo do filme, enfim. Esta saga satisfaz o gosto de quem gosta de filmes relacionados com a dança. Não dá vontade de inscrever em aulas de dança?

 

Dirty Dancing, para ver com as mães.

Um clássico. Começar com o primeiro, ir para o segundo e terminar com o remake televisivo. Claro, para ver com as mães e ver estas a compararem os atores do original para o remake. Novamente, não dá vontade de ir aprender a dançar?

 

E tu, qual a maratona de cinema que gostarias de fazer ou que tens por costume fazer?

Beijinhos,

Uma Saga para Acompanhar...

underworld-wallpapers-android-1024x576.jpg

 Filmes é algo que falo pouco aqui no blog (porque sou mais adepta de ver uma série de TV do que filmes), mas há pouco vi a Selene a falar de uma saga, cujo 5º filme esteve o ano passado nos cinemas, Underworld, uma saga para quem gosta de vampiros e lobisomens, o que eu adoro.

A saga mostra a guerra entre duas espécies sobrenaturais, os vampiros e os lobisomens e de como muitas vezes acreditamos naquilo que nos dizem por conveniência. Com uma história de amor pelo meio, com o desejo de poder e de que as mulheres também podem ser badass, para mim tem aquilo que é essencial para me prender.

A personagem principal, a Selene, é uma vampira que foi transformada por um Ancião que a convence de que foram os lobisomens que assassinaram a sua família, quando foi ele próprio que o fez. Ao longo dos filmes, avançamos e recuamos séculos e, sendo que o primeiro filme, Anjos da Noite, saiu em 2003, vê-se uma óbvia evolução nos efeitos especiais, se bem que, para uma saga que começou no início do milénio, os efeitos foram muito melhores do que o que eu esperava. Quem se lembra de Van Helsing? Bem, quem gostou, vai com 99% de probabilidade gostar desta saga igualmente.

Como eu sou horrível em fazer resumos de  coisas que vi (quero contar tudo ao mesmo tempo e depois deixo sempre as pessoas baralhadas), aqui vai uma tradução/adaptação que eu fiz do resumo da Wikipedia:

Underworld é uma série de filmes de ação e horror. O primeiro filme foi lançado em 2003 e conta a história de Selene (Kate Beckinsale), uma vampira que trabalha como Negociante da Morte, matando lycans (lobisomens) que alegadamente assassinaram a sua família. O segundo filme foi lançado em 2006 e o enredo desenvolve-se com Selene a levar Michael Corvin, um híbrido lycan/vampiro, para um abrigo de vampiros e planeiam acordar regressar ao Estado de Viktor (o Ancião que mentiu a Selene) para acordar outro Ancião, Markus, que se vem a descobrir ser o Primeiro Vampiro e um inimigo poderoso. O terceiro filme é uma prequela à série, contando a origem da guerra lycans-vampiros (lançado em 2009). O quarto filme, é a sequela do terceiro e foi lançado em 2012. Neste filme, os humanos descobriram a existência dos vampiros e dos lycans, e tentam extinguir ambas as espécies. O quinto filme foi lançado em novembro de 2016, e o enredo anda à volta de Selene e David, um outro vampiro que, apesar de ser desconhecido para muitos, é afinal o líder dos vampiros por direito (devido ao facto de ser filho de uma Anciã).

São 5 filmes (Anjos da Noite, A Evolução, A Revolta, O Despertar e Guerras de Sangue) que eu "papei" num instante. O sexto filme está em negociações, mas com muita pena dos fãs, a atriz que interpreta Selene não irá participar no filme. Pode também estar na mesa uma série televisiva, mas por enquanto são apenas rumores.

E é isto! No dia da Mulher, lembrei-me de dar esta sugestão pois, para mim, a Selene é o exemplo de uma mulher que consegue meter um homem ao cantinho, mesmo naquilo que é supostamente o ponto forte dos homens: lutar.

Fãs desta saga por aí? Ou eu era a única que lhe estava a passar ao lado?

Beijinhos,

Top 5: Filmes que vi nestas férias

Eu sei que não sou bem daquelas pessoas que anseia para ter tempo disponível para ver filmes, pelo contrário, para ver um filme é preciso não ter mesmo mais nada para fazer.

Mas resolvi pegar nos filmes que tenho visto e trazer-vos aqui aqueles que eu gostei mesmo de ver nestas férias e, quem saibe, ainda os possa rever. E os filmes são:

1. Pride, Prejudice & Zombies

 Desde que vi o trailer e como houve um trabalho excelente na sua divulgação, resolvi arriscar e fiz bem porque é mesmo o tipo de filme que eu gosto. Coisas com Zombies e Vampiros, é comigo! Como já devem ter adivinhado pelo título, esta é uma adaptação do clássico e retrato uma sociedade há uns bons anos atrás que tentam lutar contra o vírus que faz com que as pessoas virem Zombies. Um grupo de raparigas, que sabe manusear as suas armas melhor que muitos homens irão fazer toda a diferença, dando um toque de girl power ao enredo, ao mesmo tempo que temos cenas cómicas e algum romance. 

 

2. Deadpool

Já lá, quem ainda não viu e quer dar umas boas risadas, este é a escolha ideal (e para quem já viu, vale a pena rever)! Acho que sobre este, com tanta publicidade que houve, nem preciso dizer nada, por isso, vamos passar à frente!

 

3. O Último Caçador de Bruxas

Fã de Vin Diesel e de filmes sobrenaturais? Então este é o teu filme! Este filme retrata a história de um homem com mais de 800 anos que vê a sua imortalidade ligada à de uma bruxa que quer acabar com o mundo, lançando uma praga de mosquitos periogosos. Como será a sua vida após tantos anos a lutar contra o mal? Claro que, tinha que haver aqui um pouco de romance e não é que ele se apaixona por uma rapariga que faz parte do grupo contra o qual ele sempre lutou? Ah pois é!

 

4. Scouts Guide On The Zombie Apocalypse

E se afinal o grupo de escuteiros não fosse assim tão secante? É que, no final de contas, se não fossem eles, muitas pessoas teriam virado Zombies! É isto que se passa neste filme, onde mais uma vez os Zombies têm um papel fundamental. Outro tema abordado discretamente neste filme é o preconceito, o preconceito por uma rapariga que veste roupas mais curtas e que no final de contas é super inteligente e uma verdadeira badass, um grupo de escuteiros ao qual ninguém quer pertencer (nem os próprios escuteiros) e que vira moda e muito outros. Afinal, não é apenas mais um filme onde o objetivo é matar Zombies e sobreviver, porque até quase que dá para chorar: quando o bonitão vira Zombie...

 

5. The Masked Saint

 Este foi talvez o filme que mais me surpreendeu porque foi aquele que eu menos tinha vontade de ver e no entanto foi o que mais gostei de ver. The Saint é uma história virídica de um pugilista que dá por terminada a sua carreira para mudar de cidade e se tornar padre. Após ver uma rapariga a ser mal tratada por um homem, o padre resolve dar uso às suas habilidades e tornar-se uma espécie de vigilante da cidade. Mas o que o faz regressar ao ringue, é o estado financeiro da sua igreja. Será que quando os paroquianos descobrirem vão o irão apoiar? Será que ficará bem visto aos olhos da sociedade? 

Beijinhos,

Cinema em casa - Edição Coleções

 

Cada vez menos são as pessoas que compram DVD's, aproveitando a pirataria online para ver filmes sem pagar. Os bilhetes de cinema estão cada vez mais caros mas, então, o que se faz quando, por alguma razão, a internet falha? Ou se vai de férias para um sítio onde ainda não existe internet para entreter? É nestas situações que se sente a falta de um bom DVD e, tendo em conta que as férias estão aí, nada melhor que fazer maratonas de filmes! Mas comprar vários DVD's fica algo caro... E que tal apostar em coleções? Ah pois é! As coleções trazem todas as sequelas das sagas mais desejadas/vistas e sempre se poupam uns euritos... Porque, se numa saga com 5 filmes formos comprar os DVD's separados fica numa fortuna. E melhor ainda: as coleções são excelentes prendas para amantes de filmes/fãs de uma determinada saga. Desde Twilight, Fast Furious, Transformers, Barbie e outros filmes da Disney, são imensas as coleções que a Fnac tem disponíveis e com descontos. Ora dá uma vista de olhos na minha escolha para toda a família/gostos:

E tu? Ainda compras DVD's?

Beijinhos,

Tag: Com que filme eu vou?

Cansada, estas últimas semanas têm sido trabalhos, mais traballhos, mais avaliações e tudo mais e, sem tempo para preparar o post para hoje, fiquei super contente quando vi que a B me tinha desafiado para mais uma tag. Ora, vamos lá a isto sem mais demoras!

Um filme para assistir sozinho(a)

Bem, esta para mim é fácil porque eu vejo todos os filmes sozinha, salvo rara excepção... E sinceramente é a maneira que eu gosto mais de ver filmes: sozinha e em casa (sim, eu não gosto de ir ao cinema, porque não estou com tanta atenção). Então, o filme será A Culpa É das Estrelas, porque tem não gostar de chorar à frente das pessoas, tipo eu, assim poderá fazê-lo sem ser julgada. Penso que não seja preciso elaborar muito a história do filme pelas razões óbvias.

 

Um filme para assistir quando está a chover

 Drácula terá de ser a minha escolha para estes dias, ou outros do género como Van Helsing, A-D-O-R-O! Ambos falam sobre dráculas, sendo que o primeiro é mais recente e a história é em volta do próprio ser mítico, enquanto que o segundo, conta a história de um caçador de vampiros que pretende evitar que uma aldeia seja dizimada à conta dos filhos do Drácula com as suas vampiras.

Um filme para te fazer dormir

O Renascido, pois é, este ficou a meio porque desliguei o computador e fui dormir tal era o sono que ele me estava a dar. Sei que muita gente adorou o filme e recebeu grandes prémios, mas para mim, a história do filme não me prendeu, até pelo contrário. Sem dúvidas que os efeitos do filme e as interpretações dos atores estavam excelentes, mas a história não é bem o meu estilo.

 

Um filme para assistires quando estás bêbado(a) 

 Que melhor do que a saga A Ressaca? Assim que vi este tema pensei logo nestes filmes, porque, enfim, muitas coisas acontecem quandos eles abusam da bebida ou de outros tipos de substâncias, e são filmes suuuuuper engraçados de se ver. Se não conheces a saga, do que estás à espera? Só pelos atores, já sabem que a coisa vai ser o rir do princípio ao fim!

 

 Um filme para assistir enquanto se faz outra coisa

Todos os musicais ou documentários de concertos e eu, sendo super fã da Miley Cyrus, teria que escolher o documentário da Bangerz Tour, uma vez que no filme do concerto foi gravado em Portugal e em Espanha, portanto, para a mim a escolha não poderia ser outra (ok, até poderia, tipo o concerto dela no Rock In Rio em 2010). 

 

Dois filmes que devem ser vistos em sequência

Hotel Transylvania 1 e 2! Nada melhor que uma boa tarde ou noite ou manhã passada a rir com estas personagens hilariantes que também podem ser vistas pelas crianças (se em português para que elas entendam, não é...) Ou então os Gru: O Maldiposto, também são uma boa opção!

 

Um filme para assistir com o namorado(a)

Orgulho, Preconceito e Zombies, acho que é um filme super engraçado sem grandes pieguices porque nem todos gostam disso, e nem todos gostam de Zombies, mas esta pareceu-me uma boa opção! Já para não falar que o filme está cheio de Girl Power!

 

Um filme para assistir com os amigos

Pois, esta tenho duas opções: Divergente (porque eu vi-o com umas amigas e passámos o filme todo a falar sobre o Theo, não é...) e o Focus ou, o nome em português, Os Mestres da Ilusão porque há tantos detalhes que, se for visto em conjunto, se não perceberes alguma coisa, podes sempre pedir explicações.

 

Um filme para assitir com a tua mãe

Grease Dirty Dancing porque são filmes perfeitos, são do tempo dela e são baseados na  dança que eu tanto adooooorroooooo! Já para não falar que os atores são super giros, as músicas perfeitas e dúvido que haja alguém que não conheça nem uma única música que passe nestes filmes.

 

 

 

 

 

 

 

 

voilá! As nomeadas para esta tag são:

- Ana

- Rute

- Camellia

E quem quiser mais! Bom fim-de-semana!  

 

 

Beijinhos,

"My Sister's Keeper" - Um filme para todos verem

Acho que é a primeira vez que vou aqui falar de um filme... De séries, a coisa já é mais ou menos normal, mas agora de filmes? Bem, há sempre uma primeira vez para tudo!

O filme do qual vos venho falar hoje é um que eu nunca veria por escolha própria, tudo aconteceu porque tinha de o ver para uma unidade curricular da universidade. Para quem não conhece o filme, aqui fica a sinopse:

Concebida por meio de fertilização in vitro, Anna (Abigail Breslin) foi trazida ao mundo para ser uma combinação genética para a sua irmã mais velha, Kate (Sofia Vassilieva), que sofre de leucemia promielocítica aguda. Quando Kate completa 15 anos, ela passa a sofrer de insuficiência renal. Anna sabe que, se doar um rim, terá uma vida limitada. Deste modo, ela processa os pais para obter emancipação médica e os direitos sobre o seu próprio corpo. Anna procura Campbell Alexander (Alec Baldwin), que aceita trabalhar para Anna como seu mandatário, processando a extinção parcial dos direitos parentais.

O filme retrata a vida de uma menina com leucemia, as suas dores, os seus sentimentos e o seu relacionamento com a família. Retrata o amor de uma mãe que é capaz de dar tudo, e enlouquecer pela saúde da filha. My Sister's Keeper é um filme que fala sobre o amor de uma família que aprendeu a viver com uma doença.

É um filme que todo e qualquer ser humano devia de ver para perceber qual a experiência de uma família que vive em função do filho que está doente. É um filme especial para quem deseja trabalhar no ramo da Saúde para perceber que devemos aprender a ouvir os nossos utentes e que as suas expectativas/necessidades estão acima de tudo (a menos que aquilo que o utente quer seja contra-indicado). Por vezes, o facto de darmos ao utente aquilo que realmente quer é um meio para a sua recuperação, tem de haver uma negociação bem feita por parte do profissional de saúde que deverá explicar tudo e que deverá estar bem atento não só ao utente, como a quem o rodeia, à sua família.

O desempenho de todo o elenco faz com que as emoções transmitidas nos deixem no estado emocional alterado e, alerta, podem haver imensas lágrimas, portanto, não se esqueçam dos lenços. Como um dos meus colegas disse na aula, este é um filme tramado, cujo enredo está muito bem construído, de forma a deixar-nos num tremendo dilema que depois se dissolve. 

Se já viram este filme, revejam. E não o viram, estão à espera do quê?

E para terminar este post, aqui deixo o trailer:

Beijinhos,

Sobre Mim

SARA

Olá! O meu nome é Sara (tal como já deves ter percebido...) e sou licenciada em Fisioterapia. Como poderás ver por este blog, adoro maquilhagem mas o blog não trata apenas disso. Nem pensar! Outro assunto que abordo é exercício físico pois assim consigo partilhar alguns conhecimentos que tenho sobre o mesmo e mantenho-me motivada. Também há-de aparecer por aqui um cão Labrador, cujo nome é Ralph...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Descontos

MakeupLovers - Maquilhagem, Produtos de Rosto, Corpo e Unhas
Usa o código "sara10" na Makeup Lovers para teres 10% de desconto numa encomenda! Sabe mais aqui.

picasion.com
picasion.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D