Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sara Beauty

Um blog onde falo sobre diversos assuntos como maquilhagem, beleza em geral, inspirações, etc.

Sara Beauty

20
Abr16

Os benefícios da linhaça

linha_a.png

Linhaça para aqui, linhaça para ali, mas afinal... Porquê tanto barulho sobre esta semente? Ora, igualmente a tantas outras pessoas à face da Terra, também eu entrei neste comboio de pessoas que adiciona linhaça à sua alimentação habitual devido aos mais variados benefícios que esta pequena semente (a sua versão em farinha) pode trazer. 

Primeiro, vamos lá ver do que é que estas meninas são constituídas:

  • Vitaminas e minerais do complexo B;
  • Fibra;
  • Antioxidantes;
  • Ómega 3.

Tantas coisas boas não é? E agora, ao que é que elas fazem bem? A linhaça permite baixar os níveis de colesterol e açúcar no sangue, através das fibras solúveis que a constituem, sendo indicadas para serem consumidas por pessoas hipertensas e com diabetes tipo II, reduzindo assim o risco de doença cardiovasculares; devido à grande quantidade de ácidos gordos (ómega 3), a linhaça permite reduzir a perda de massa óssea comprovada num estudo; ajuda a controlar o peso uma vez que transmite a sensação de saciedade que dura mais tempo; melhora o sistema digestivo por conter fibra, nomeadamente alivia a prisão de ventre; combate o cancro, principalmente o da mama e do cólon; por conter ómega 3, permite reduzir inflamações no corpo e diminui os sintomas de TPM e menopausa.

E agora, como usá-la? São várias as utilizações desde a misturar uma colher de sopa no iogurte, na manteiga, mostarda ou outro produto que uses para barrar no pão, nas saladas, nos bastidos, nos cereais, etc. E pode ser consumida na íntegra, ou seja, com casca, ou em farinha, o que é o mais recomendado porque a casca dura da linhaça pode ser de dfícil digestão. Em relação à farinha, o recomendado é triturá-la em casa pois assim evita-se que esta oxide e perca os seus benefícios.

Aqui por casa, a linhaça é usado sobretudo nos iogurtes! E por aí? Gostas desta semente? Já conhecias os seus benefícios?

 

 

12 comentários

Comentar post