Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sara Beauty

Um blog onde falo sobre diversos assuntos como maquilhagem, beleza em geral, inspirações, etc.

Cuidado com os prazos de validade da maquilhagem

Antes de mais, vamos lá dar as boas-vindas a 2016! Espero que tenham entrado com o pé direito e que este ano vos traga tudo de bom e que seja melhor que 2015. E para isso, vamos lá evitar coisas estragadas e porquê este post? Porque eu descobri que um dos meus batons da Kiko está capaz de ir para o lixo, ou seja, quem tem batons da Kiko sabem o quão bem eles cheiram e adivinhem lá? O meu cheira mal! O meu é da linha Smart Lipstick e sinceramente não estava nada à espera! 

Para aquelas que ainda não se tinham apercebido, sim, a maquilhagem tem prazo de validade e estes são os valores mais gerais, sendo que estes valores correspondem ao tempo que passa desde que o abriram. Então, para o batons, lápis, sombras, eyeliner e pó o prazo de validade são 2 anos, para o corretor é 1 ano bem como para a base. Para finalizar, para as máscaras são 3 meses.

Normalmente cada produto também diz o tempo de validade, pois estes também dependem dos ingredientes do produto em si, se tem óleo ou não, etc. O que acontece quando um produto passa o seu prazo de validade é que começam a cheirarem mal (principalmente quando são produtos que têm algum tipo de cheiro quando novos), podem provocar reações na pele, secarem os lábios quando antes isso não acontecia e muitas das vezes estas são situações que podem requerem cuidados especiais pois a pele fica irritada e é uma confusão.

Esta situação com o batom da Kiko foi única porque vocês sabem aqueles batons antigos que pertenceram às nossas mães que têm mais de 20 anos e que continuam a cheirar tão bem e a hidratarem maravilhosamente? Pois, cá em casa existem 2 desses e estão muito longe de irem para o caixote do lixo. Quanto ao batom da Kiko, bem esse ainda não foi para o lixo pois a malta cá de casa continua a utilizá-lo e até agora não aconteceu qualquer tipo de reação sendo que o cheiro tende a desaparecer, mas é tão desagradável que o seu cheiro se tenha modificado!

Já passaram por alguma situação destes género?

Fonte da imagem: WeHeartIt

O que transmite cada cor de batom

Olá meninas!

Como sabem, gosto muito de maquilhagem e não dispenso um belo batom (sim, sou um pouco vaidosa, admito!), até porque é um produto que pode fazer toda a diferença no rosto de qualquer mulher. Mesmo que seja um rosto pouco maquilhado, o batom faz com que este se sobressaia e se torne mais vivo.
Mas sabem porque gosto tanto de batons? É que uma das grandes vantagens de usar este tipo de maquilhagem é o facto de existirem imensas cores disponíveis e que se adaptam a todos os gostos e personalidades femininas. E cada cor transmite sempre alguma coisa, nem que seja um sentimento ou uma forma de viver a vida. Muitas vezes, as mensagens transmitidas através das cores da maquilhagem até são aquelas que não conseguimos dizer por palavras. Por isso, hoje dedico-me a escrever-vos sobre o que transmitem as cores dos batons, sendo que escolhi as 6 mais usadas.

Vermelho

 

red.jpg

 O clássico vermelho é uma cor muito forte, muito dramática e que chama imenso a atenção. É usada por mulheres que gostam de mostrar o seu poder, feminilidade, carisma e sofisticação. Transmite também uma mensagem de paixão e de sensualidade, principalmente se for um vermelho forte e brilhante. Se forem extremamente confiantes e se não se deixarem intimidar facilmente, esta é a cor ideal.

Rosa

 

jennifer-lawrence-mockingjay-hair-makeup-w540.jpg

O rosa é uma cor muito usada pelo universo feminino, pois está fortemente associada à feminilidade, auto-estima, inocência, jovialidade, amabilidade, ternura, delicadeza, gentileza, carinho, mas também ao romance e ao amor, principalmente se escolherem rosas mais fortes. Também nestes casos – nos rosas mais profundos e brilhantes – transmitem-se mensagens mais dramáticas, tal como acontece com a cor vermelha. Aliás, posso mesmo dizer que o rosa chega a ser uma versão mais light do vermelho clássico.

Roxo

 

84796-a-top-gigi-hadid-prefere-usar-tons-680x0-3.j

O roxo transmite uma mensagem de poder e de luxúria, para além de uma certa magia e de mistério. No entanto, cuidado com as cores que escolhem para a restante maquilhagem do rosto, sobretudo se tiverem a pele branquinha. Como o roxo é uma cor intensa, pode ficar mal combinada com outras cores igualmente fortes. O ideal é tentarem criar sempre uma harmonia perfeita de cores, sabendo jogar com as intensidades. Por outro lado, se se consideram raparigas muito femininas, sofisticadas e românticas mas, ao mesmo tempo, confiantes e seguras acerca do que são e do que querem, aqui têm a vossa cor.

Cor de pêssego/cor de coral

 

818cb8acc496f0c345a16c40f9dcf78e.jpg

A cor de pêssego e a cor de coral são cores que pretendem transmitir a mesma mensagem de feminilidade, tal como o rosa, mas são usadas por mulheres que não gostam tanto da ideia de jovialidade e que querem afastar-se do que é mais “teen”. São ideais para as mulheres muito terra-a-terra, que se comportam de uma forma muito mais adulta, pois já o são, e, por isso, exigem serem tratadas e respeitadas como tal.

Laranja

 

main.original.640x0c.jpg

Quando pensamos em laranja vem-nos à cabeça o sol e o fogo. E esta é mesmo uma cor que transmite fortes mensagens. Um laranja mais leve e brilhante significa grandes emoções, alegria, divertimento, excitação e energia. É escolhido principalmente pelas raparigas mais jovens, sinceras, genuínas, que têm um espírito livre e selvagem, e que gostam de se divertir. Por outro lado, uma mulher que use um laranja profundo vai ser mais estimulada a ter uma maior atitude, a correr riscos e irá prender mais facilmente a atenção de terceiros. Para quem já não é mais jovem, esta é uma excelente hipótese para usar no trabalho, já que mostra uma postura mais confiante e segura de si mesma.

Cor neutra/castanha

 

tumblr_niqzun3Ar61rbyuk6o1_1280.jpg

As cores neutras ou castanhas deixam os lábios com uma cor mais natural e transmitem uma mensagem muito clara: as suas donas são mulheres com os pés bem assentes na terra, firmes nas suas decisões, genuínas, seguras e independentes. Para além disso, são cores usadas por mulheres confiantes e que gostam tanto de si próprias, que não se importam de se mostrar exactamente como são, sem exageros nem maquilhagens carregadas. Esta é também uma opção perfeita para trabalhar, até porque dá um toque de extrema elegância ao rosto.


Estas são as mensagens mais comuns que transmitimos ao mundo com os nossos batons, quer seja de forma voluntária ou involuntária. Mas também é óbvio que quando escolhemos uma cor prevalece o nosso gosto pessoal. E é isso mesmo que deve acontecer: escolham sempre as cores que gostem e que vos favoreçam mais, conjugando-as bem com o resto da maquilhagem, mas não deixem de querer passar mensagens através dos vossos lábios, pois, assim, tornam-se sempre bem mais misteriosas e cativantes.

Mas falem-me agora de vocês! Gostam de usar batons? Quais são as vossas cores favoritas e que mensagens gostam de transmitir?

 

Fonte das imagens: Pinterest

Looks de Inspiração para a Universidade

Neste sábado, trago-vos 3 looks que eu usaria para ir para a Universidade porque estão mais dentro do meu estilo e da minha personalidade e também do próprio ambiente da minha universidade. O meu curso é Fisioterapia, o que faz com que eu tenha muitas aulas práticas que requerem equipamento como calções e sutiãs desportivos, ou seja, trocas de roupa, daí também os meus looks serem mais descontraídos (para além de que ando de comboio até ao edifício da minha escola ainda são 10 minutos a pé, pelo que convém ir sempre confortável)! Aqui vamos nós:

 

Look Para Universidade 001

 

Look Para Universidade 001 by sarabeauty95 featuring black sneakers
 
Look Para Universidade 002

 

Look Para Universidade 002 by sarabeauty95 featuring an apple iphone 6 case
 
Look Para Universidade 003

 

Look Para Universidade 003 by sarabeauty95 featuring a genuine leather backpack
 
Para realizar os looks utilizei o Polyvore (o meu perfil aqui) porque, apesar de já conhecer o site, lembrei-me de o utilizar para este post após ter visto a a Marina (visita o blog dela aqui) a fazer o mesmo.
Sei que muitas poderão não gostar destes looks, mas achei por bem realizar os looks segundo os meus gostos e não aquilo que mais se vai usar, para vocês me conhecerem um pouco melhor sobre o meu próprio estilo.
 
Bom fim-de-semana!

MyFitnessPal: Um contador de calorias

MyFitnessPal

Hoje venho falar-vos do meu método de perder peso ou de controlar o que como através de uma aplicação/site, o MyFitnessPal. Esta é uma aplicação disponível para todos os dispositivos móveis tanto Android como iOS e apenas requer conexão à Internet algumas vezes. MAS, se não tens nada disto, não ficas de fora! Existe também o site (este) que funciona exatamente como a aplicação!

Com o MyFitnessPal poderão estabelecer objetivos como perder peso ou manter, entre outros de acordo com o estilo de vida e automaticamente, é-te dito quantas calorias podes ingerir por dia. Atenção, claro que podes ingerir mais calorias que estas! Basicamente, é um diário como aqueles que por vezes os nutricionistas dão às suas utentes para controlarem o que comem, pois é diferente nós comermos algo e não sabermos as calorias que estamos a ingerir do que comer e depois ir ver e 'foooogo, isto tem quase as calorias todas que supostamente eu posso comer num dia apenas!', o impacto é diferente. No meu caso, eu quero perder peso, uma média de 500 gramas por semana e atingir os 49kg, o que faz com que eu, no mínimo, tenha de consumir 1200 calorias diárias. Se ingerir muito menos que isto, ao completar as entradas do dia, a aplicação automaticamente diz-me que não estou a ingerir as calorias necessárias para que o organismo funcione corretamente e que ainda posso comer mais. Se ingerir as 1200 ou mais, a aplicação apresenta uma estimativa com base no que comeste naquele dia, ou seja, diz-te que em 5 semanas poderás pesar um determinado peso se todos os dias fossem iguais ao que decorreu.

MyFitnessPal screenshots

Outra característica é que permite controlar o progresso do peso, permite inserir os exercícios que eventualmente faças, sendo que exercícios de cárdio leva a que a aplicação diga que tens de ingerir mais calorias, ou seja, no meu caso se eu fizer 60 minutos de step em que gasto 500 calorias, a aplicação irá mostrar que eu deveria ingerir 1700 calorias naquele dia.

Por fim, se tens alguma aplicação de caminhada, corrida, etc, compatível com a MyFitnessPal, poderás conectar as duas aplicações para que não tenhas depois estar a inserir os dados no contador de calorias.

No princípio do post, disse que a app requer algumas ligações à Internet isto porque, a aplicação acede a uma base de dados que tem toda a comida possível e imaginária e que vocês poderão procurar ou com a vossa câmara do telemóvel ou tablet fotografam o código de barras e o contador de calorias reconhece logo o produto que é! Portanto, se alguma já adicionaste a comida anteriormente ao diário, então ela vai estar disponível sem ligação à net, mas se por ventura é algo que nunca colocaste na app, então tens de ligar à net. 

Para finalizar, a aplicação é gratuita e pode ser descarregada para iOS aqui e para Android aqui e podes adicionar amigos como se fosse o Facebook para aumentar a motivação! Infelizmente, esta aplicação não está disponível para Windows Phone, mas pode sempre aceder ao site (link no início do post).

 

Como eu lido com a pele seca

Pele Seca

Já alguma vez vos aconteceu terem a pele tão seca que chega a formar babas na pele como se tivessem sido mordidas por um mosquito ou melga? Sim? Então junta-te ao clube!

Eu tive este problema quando era mais pequena, tinha por volta dos 10/12 anos e todo o Santo Verão era a mesma coisa. Por voltar dos 14 anos parou e nunca mais tive estes sintomas até este verão!

Quando era mais nova, utilizei um conjunto de produtos da Mustela, algo que saia bastante caro durante a estação mais quente do ano. Por isto, este ano resolvi usar experimentar algo diferente, mais barato e que me resolveu o problema num instante!

Leite Hidratante Barral

 Estou a falar do Leite Hidratante Barral que tem todos os benefícios que o habitual creme gordo tem, só que não é gordo, até pelo contrário! Sendo um leite, este é absorvido rapidamente pela pele deixando-a super hidratada e suave ao toque!

No Verão, os cuidados com a pele nunca são demais e este menino é uma grande ajuda e pode ser comprado num supermercado por menos de 7 euros!

Não se esqueçam de beberem muita água e de colocarem protetor solar mesmo que o Sol esteja tapado! E bom resto de férias de verão!

A minha organização para as aulas

Organização para as aulas

 Olá! Hoje venho partilhar convosco qual a organização que eu uso para as minhas aulas na Universidade. Tal como provavelmente muitas de vocês têm dúvidas sobre relativamente ao que devem de usar para facilitar a vossa organização e estudo nesta nova etapa, eu também já passei por isso. Primeiro fui usando cadernos mas percebi que rapidamente os gastava, levando-me a estar sempre a comprar cadernos ou então muito carregada. Algures no meio do 1º semestre do 1º ano resolvi adoptar um novo sistema: uso uma recarga de folhas A5 dentro de uma pasta de plástico que é onde eu tiro os apontamentos das aulas e depois, em casa, tenho um dossier de arquivo, com as devidas Unidades Curriculares separadas, para onde eu depois passo a limpo os apontamentos, bem como os power points e outros documentos forncecidos pelos professores (outros imprimo, como é óbvio). Com este método, estou obrigada não só a estudar os apontamentos que eu tiro das aulas quando os passo a limpo como também me permite andar mais leve pois, num curso como o de Fisioterapia em que temos aulas práticas e são necessárias trocas de roupa, por vezes o espaço que sobra na mochila ou mala é pouco.

Dica: Como separadores, optei por usar folhas brancas A4 que eu furo e utilizo etiquetas que colo parcialmente de fora da folha e escrevo o nome da cadeira para me orientar melhor, sendo uma coisa rápida e fácil.

Para muitos, esta organização pode parecer um pouco confusa mas vocês têm de adoptar o sistema com o qual trabalham melhor. Apenas decidi partilhar o meu sistema porque para quem quiser, este pode ser um ponto de partida e, convenhamos que por vezes quando andamos em vários transportes públicos e não dá jeito nenhum andar carregada de cadernos, não é?

Enquanto ao Ensino Secundário e anteriores, eu utilizava cadernos excepto para Matemática A, disciplina para a qual eu utilzava dossier por permitir estar sempre a colocar mais folhas em vez de comprar mais cadernos.

E vocês, qual o sistema que usam? E hoje já saíram as colocações! Ficaram colocadas na opção que queriam? Estão satisfeitas?

Review do Liquid Ink Matt Eyeliner da Essence

Hoje venho fazer a primeira review do blog que corresponde mesmo a um artigo de maquilhagem. E estou a falar da versão mate do eyeliner líquido da Essence.

Liquid Ink da Essence

O que é?

É um eyeliner líquido que, para além de ser mate, é também waterproof e eu tenho-o em preto. O pincel é bastante fininho, com as fibras duras mas maleáveis, o que faz com que tenha uma precisão bastante boa.

O que é que a marca diz?

Eyeliner líquido com efeito mate, com um aplicador de alta precisão. À prova de água.

Liquid Ink da Essence

Preço e quantidade:

Cerca de 3,30€ e traz 3ml, lembrando que, quem é sócio do Sport Lisboa e Benfica ou tem alguém em casa que é, o cartão de sócio do Benfica dá desconto de 6% (não tenho bem a certeza da percentagem) quando são efetuadas compras na Seaside! É pouco, mas sempre é alguma coisita!

Onde encontrar?

Nas lojas Wells', Seaside e online aqui.

A minha opinião?

Se o recomendo? SIM! Para além de ser um produto bastante em conta, o pincel dá-nos uma precisão espetacular o que o torna ideal para ser usado por qualquer pessoa, incluíndo iniciantes! Com ele podem fazer traços mais finos ou mais grossos, ficando ao gosto de cada uma. Tal como a própria marca refere, é um waterproof e seca rapidamente. Quando o aplicamos, o produto fica brilhante sendo que, quando perder este brilho e ficar mate, significa que está seco! Dura o dia todo!

 

Dica para eyeliner líquido: antes de aplicares a máscara de pestanas que pretendes usar, recorre a um pincel que tenha as cerdas curtinhas que permita chegar facilmente às raízes das pestanas para que estas fiquem separadas e não todas coladas devido ao eyeliner, como o número 2 desta imagem.

 

E vocês, já tinham experimentado este eyeliner? Em geral, gostam da maquilhagem da Essence?

 

 

Os desodorisantes que uso (sem alumínio)

Desodorisantes sem alumínio

Sabias que os desodorisantes spray que contém alumínio causam uma reação nos poros das axilas, fazendo com que estes fiquem obstruídos, causando dor, como se fosse um pêlo encravado? Pois, era o que acontecia comigo, pelo que passei a andar mais atenta aos ingredientes dos produtos que compro e, qual a minha surpresa quando descobri que a seleção de produtos sem alumínio é bastante limitada.

 

Os desodorisantes que uso são:

- Fa Caribbean Lemon (apenas o cheiro a limão não tem alumínio e pode ser comprado por cerca de 3€);

- B.U. (qualquer cheiro e pode ser comprado por cerca de 4.99€);

- Labell (marca exclusiva do Intermaché, embalagem cor-de-rosa e verde são os que não têm e custa cerca de 1,20€);

- Axe (qualquer cheiro é sem alumínio e custam cerca de 3€).

 

Alguns dos produtos que eu me lembro de terem alumínio são os da Nívea, My Label, alguns da Dove, Narta e Rexona. 

Sabias ainda que o alumínio pode causar cancro da mama? Um estudo feito em mulheres com cancro da mama revelaram grandes níveis deste metal no seu organismo!

 

E tu? Costumas ter este cuidado? Usas alguma desodorisante sem alumínio que não esteja na minha lista?

A minha experiência na Universidade: As Praxes

A minha experiência na Universidade

Setembro está a chegar e com ele as colocações no Ensino Superior. Por esta razão, achei por bem partilhar convosco a minha experiência no Ensino Superior, principalmente as praxes.

Eu entrei para o Ensino Superior no mesmo ano em que ocorreu a tragédia do Meco. Claro que, quando isto se passou, o ano letivo já tinha começado para mim bem como as praxes. Moro no distrito de Setúbal e fiquei colocada na minha primeira opção, Fisioterapia, na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal, não ficando por isso deslocada. Comida? Levava-a já feita de casa e quando chegava ao IPS era só aquecer só que eu não sabia onde eram os microondas, o que me levou a comer a comida fria por um ou dois dias. Após começar a integrar-me na turma, comecei a conhecer pessoas, a conhecer melhor o edifício em si e acabei por descobrir os microondas. Até aqui, tudo bem! Mas foi por volta da segunda semana de aulas que tudo começou, as praxes. 

No meu primeiro dia de praxes, os trajados não estavam autorizados a mandarem-nos fazer atividades que fizessem com que ficassemos sujos pelo que cantámos, jogámos e foi tudo muito engraçado! Segundo e último dia de praxes: o terror. Neste dia, tivémos praxes antes e depois das aulas, chovia torrencialmente e por vezes, lá se fazia um clarão e depois o som de um trovão. O dia começou logo com várias granadas (o objetivo é saltar bem alto enquanto gritam "BOOM" e deixarem-se cair no chão e só nos levantamos quando essa ordem surgir), flexões, insultos, canções, seguidos de aulas e, na hora de almoço, mais praxes, ou seja, mais granadas, mais flexões, mais "tá de quatro", mais de tudo. No início da tarde lá fui eu e mais alguns colegas ter Anatomia e Fisiologia, uma das disciplinas mais importantes da licenciatura pois é a base de tudo, pelo que não quis faltar. Depois de Anatomia, Psicologia do Desenvolvimento, no qual os alunos presentes queriam manter-se na sala de aula, em vez de ficarem contentes pela aula ter terminado mais cedo. A professora percebeu a razão e, quando saiu da sala (sendo ela anti-praxe), foi reclamar com alguns trajados, o que levou a que ocorressem retaliações. Após ter sido feita de parva tantas vezes, após um esforço físico enorme e após estar completamente encharcada e com a perceção que ia cair para o lado a qualquer momento, fui ter com uma trajada referindo que não me estava a sentir bem, tinha frio e que provavelmente estava com febre, ao que a menina me respondeu: "não tem um casaco? Então vista-o!". E assim o fiz. Não muito tempo depois, resolvi que para mim acabou. Cansaço físico associado ao facto de eu ser muito sensível emocional e psicologicamente, fez que me sentisse ainda mais esgotada que antes, começando a chorar e, quando me perguntaram se eu estava bem, eu disse que ia desistir que não estava para aquilo. Chega outra menina que me disse algo que eu nunca mais vou esquecer, uma coisa do género "se não aguentas as praxes, como é que estás à esperar de aguentar a vida profissional onde te vão ser exigidos os mesmos esforços que estás a fazer aqui?". Ora desculpem lá, e eu aceito perfeitamente as pessoas que são todas a favor da praxe, nada contra pois temos o direito de gostar de coisas diferentes! MAS, desde quando uma pessoa é menos profissional ou está menos preparada para enfretar a vida que segue após a universidade? Desde quando é que frequentar a praxe nos torna melhores profissionais? A resposta é: desde nunca. Existem excelentes profissionais que nunca passaram pelas praxes e isso não os torne piores que os outros. Para mim esta afirmação foi a gota de água. 

Quando estava prestes a me vir embora, houve um vetereno (aluno do 3º ano ou com 3 matrículas) que veio falar comigo e convenceu-me a ficar, a pousar os meus pertencentes e a regressar para as atividades. Com um pé atrás, decidi dar mais uma oportunidade a esta parte da vida académica.

Para tornar o meu regresso em grande, vamos lá a mais uma granada, mas desta vez aquática! Ou seja, havia uma poça de água consideravelmente profunda (cobria mais que a minha sola dos ténis, tendo para aí um 3cm de profundidade e vamos lá saltar para dentro de água, estando a chover torrencialmente! Como se não bastasse, os senhores trajados andavam a chapinhar ao pé de nós e, enquanto eles andavam sequíssimos, eu pelo menos tinha até a minha roupa interior encharcada. 

Acabei este dia horrível de praxe e fui apanhar o comboio (que é o meu meio de transporte). Uma vez que tinha o casaco todo sujo de ketchup, banha de porco pobre, ovos, farinha e completamente encharcado resolvi tirá-lo pois não queria sujar o comboio, ficando de mangar curta. Uma trajada que eu julgo ter sido da Escola de Educação, ofereceu-me a sua capa para eu ficar minimamente quente pois estava de tal maneira que os meus dentes não paravam de bater enquanto que uma colega sua ofereceu a capa dela para colocarmos no banco do comboio para nos sentarmos sem molharmos os assentos. Durante a viagem, mandei uma mensagem à minha mãe a pedir para me ir buscar à estação e levar um casaco quente, o que ela fez. Quando sai da estação e vi a minha mãe e a minha irmã à minha espera, foi o momento em que me senti a quebrar, a tirar a máscara de quem estava a gostar de estar daquelas "atividades" e comecei a chorar. Chorei o caminho todo até casa, onde tive um ataque de pânico após tomar banho e ver os hematomas que eu tinha no meu corpo, principalmente nos joelhos e nos cotovelos. Quando consegui acalmar-me, comecei a discutir com a minha família a hipótese de abandonar as praxes, as quais decidi frequentar para poder trajar, nunca tive interesse em praxar. A minha família apoiou-me e, começando a pesquisar, descobri que existe um decreto de lei que, muito resumidamente refere que qualquer pessoa que frequente o ensino público pode trajar, o que eu irei fazer com todo o gosto pois o traje é um traje académico e não um traje praxístico, tendo como objetivo mostrar ao resto das pessoas o orgulho que temos da nossa instituição. Caso ainda não tenham percebido, no IPS, quem não frequentar as praxes não pode trajar.

Como referi em cima, foi neste ano que a tragédia do Meco aconteceu e percebe-se perfeitamente que ocorreu uma mudança no tipo de praxes feito na instituição que eu frequento, ficando muito mais "leves". Mas se estou arrependida de ter saído? Não.

Para finalizar este longo post, só quero dizer que cabe a TI e somente a TI decidires se queres ou não frequentar este tipo de atividades. Se não quiseres? Não te preocupes! As praxes ocorrem no primeiro mês do ano letivo do 1º ano e depois só ocorre uma vez por mês, sendo as famosas "as quintas negras", e não é por este tempo que não irás fazer amigos. Se quiseres? Força nisso! Nem todas as universidades funcionam da mesma maneira e, como já referi, ocorreu uma grande mundança após a tragédia. Se tens dúvidas? Experimenta, se gostares, permaneces, se não desistes. Nunca te esqueças que és livre de desistir quando quiseres!

Este post foi feito com o intuito de mostrar uma experiência que eu não vejo muito nos blogs, o que é bom, o que significa que tiveram experiências positivas nas praxes. Não quero incentivar ninguém a desistir das praxes se é isso que querem fazer, nem nada do género. É a minha experiência que, apesar de tudo, penso ter sido positiva pois aprendi quais são os meus limites que não vale a pena por nada deste mundo sentir-me rebaixada a uma barata. 

Novamente: se me arrependo da decisão que tomei de abandonar as praxes? Vou agora para o 3º ano e posso assegurar que nunca me arrependi, olho para trás e fico muito contente com uma atitude que eu considero ter sido uma atitude de coragem.

About Me

22 Anos. Estudante de Fisioterapia. Adoro Maquilhagem. A tentar ter um estilo de vida saudável. Adoro tudo o que tenha creme de ovos. Adoro doces. Adoro cães. Tenho um Labrador chamado Ralph.

Finish It Off!

Sem nenhum produto no momento

Parceiros

MakeupLovers - Maquilhagem, Produtos de Rosto, Corpo e Unhas

Instagram

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D